Basquete: morre Ary Vidal, técnico campeão do Pan de 1987


Técnico comandou ainda a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 1988 e 1996.
Ari Vidal também foi tecnico de basquet do Remo, em Belém
 
Foto: Alexandre Vidal/CBB / Divulgação



Técnico (à esq.) comandou ainda a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 1988 e 1996 Foto: Alexandre Vidal/CBB / Divulgação Morreu nesta segunda-feira, aos 77 anos, no Rio de Janeiro, Ary Vidal, ex-técnico da Seleção Brasileira masculina de basquete. 

O treinador comandou a equipe na histórica campanha do ouro no Pan-Americano de Indianápolis (1987), com direito a vitória sobre os Estados Unidos na final. 

As causas do óbito ainda não foram divulgadas e o enterro será na terça-feira, com horário e local ainda indefinidos. Ele estava internado no Hospital São Lucas, em Copacabana, desde o dia 23 de outubro, com quadro de insuficiência renal e cardíaca.
A morte do treinador foi lamentada por alguns dos principais nomes do basquete nacional – entre eles, o ala-armador Leandrinho, do Boston Celtics. “Hoje é um dia de luto para todos no Brasil que amam o basquete. Ary Vidal deve ser sempre lembrado por nos”, publicou o atleta em sua conta no Twitter.
Também na rede de microblogs, Magic Paula lamentou a perda. "Ary Vidal, obrigada pela dedicação e ensinamentos", resumiu.
“É um momento muito triste para o esporte brasileiro, e muito mais difícil para mim, que sou amigo pessoal dele. O Ary foi um dos melhores profissionais que o basquete já teve, um técnico que deixou sua marca por onde trabalhou”, declarou o presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Carlos Nunes.