Tenente-coronel Alonso vai trabalhar com a comunidade e com o Proerd

Novo comandante do CPRM imprimirá ações de prevenção, além das operações integradas
O tenente-coronel Sérgio Alonso, que na sexta-feira completou 24 anos na Polícia Militar, assumiu o CPRM com a missão de intensificar as ações que já vinham sendo realizadas.
Ele também vai desenvolver ações na escola, na prevenção às drogas, o que acontecerá por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), da PM. E dará ênfase, ainda, ao policiamento comunitário.
As operações policiais serão baseadas nas estatísticas, que irão revelar as áreas que precisam de um melhor policiamento. "Vamos sempre trabalhar para reduzir ao máximo (os índices de criminalidade)", afirmou.
Além da comunidade, o novo comandante do CPRM também continuará realizando operações integradas com os demais órgãos do sistema de segurança pública, como Polícia Civil, Guarda Municipal, Detran. Afinal, diz ele, a segurança da população independe da farda. "Vamos aumentar as parcerias que já existiam na gestão do coronel Campos", disse ele, que, antes, era o diretor do Grupamento Fluvial do Sistema de Segurança Pública do Pará.


Amazônia Jornal