Copa Verde com três clubes do Pará, pode garantir vaga na Sul-Americana

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) está bem perto de confirmar a Copa Verde como aquisição para o calendário do futebol brasileiro em 2014. O assunto voltou a circular de forma mais assídua no meio da imprensa esportiva nacional e de dirigentes dos clubes que compõem a competição. Do dia 19 de janeiro até 16 de fevereiro (oito datas), clubes da região Norte, Centro-Oeste e do Espírito Santo, devem disputar a competição que dará ao campeão, vaga para a Copa Sul-Americana de 2015.

São três clubes do Pará ( Paysandu, Remo e Paragominas ), dois do Amazonas (Nacional e Princesa do Solimões ), um de Rondônia ( Vilhena ), um de Roraima ( Náutico ), um do Amapá ( Oratório ), dois do Mato Grosso ( Cuiabá e Mixto ), um do Mato Grosso do Sul ( Cene ), um de Tocantins (Interporto), um do Espírito Santo (Desportiva), dois do Distrito Federal ( Brasília e Brasiliense ) e um do Acre ( Plácido de Castro ).
A idéia do torneio, parecida com a da Copa Nordeste, era reunir apenas clubes da região Norte (por isso o nome Copa Verde em alusão à Floresta Amazônica), mas ampliou-se o torneio para o Centro-Oeste e o Espírito Santo. O Ministério do Esporte e a TV Esporte Interativo, que vai transmitir o torneio, vão dividir os custos do torneio.