Em Belém, festival apresenta 36 horas de teatro paraense

Apresentações ocorrem até as 22h de domingo, 14.
A entrada é gratuita.

O Teatro Margarida Schiwazzapa, no Centur, em Belém, apresenta o Festival 36 Horas de Teatro. O evento começou na última sexta-feira (12) e termina às 22h de domingo (14). A entrada é gratuita.

São mais de 500 artistas, de 36 grupos teatrais de 31 municípios paraenses que se apresentam a cada hora. As apresentações vão entrar pela madrugada.
Segundo a coordenação do evento, o público tem comparecido nas apresentações para conhecer um pouco mais do trabalho dos artistas paraenses.

Eleições 2014: novos números para a corrida ao Senado da República

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (13) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o senado pelo estado do Pará.
Paulo Rocha (PT) – 23% das intenções de voto
Mario Couto (PSDB) – 17%
Jefferson Lima  (PP) – 14%
Duciomar Costa (PTB) – 9%
Brancos / nulos – 7%
Não sabe/ não respondeu – 20%.


No levantamento anterior, em agosto, Paulo Rocha tinha 23% e Mario Couto, 17%. Os dois candidatos se mantiveram com os mesmos percentuais.
A pesquisa foi encomendada pela TV Liberal.
O Ibope fez a pesquisa entre os dias 8 e 11 de setembro. O instituto ouviu 812 eleitores em 44 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número PA-00026/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo no BR-00621/2014.

Fonte: http://g1.globo.com/pa

Programa ProJovem Urbano abre inscrições na Grande Belém

Paraenses com idade entre 18 e 29 anos podem participar de um mutirão de matrículas para o programa ProJovem Urbano, que irá ocorrer no próximo domingo (14), de 8h30 ao meio-dia, na escola Eduardo Lauande, no bairro Almir Gabriel, em Marituba, na região metropolitana de Belém.
O programa do Governo Federal objetiva elevar a escolaridade de jovens com idade entre 18 e 29 anos, que saibam ler e escrever, mas não tenham concluído o ensino fundamental, levando à conclusão desta etapa por meio da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) integrada à qualificação profissional e ao desenvolvimento de ações comunitárias com exercício da cidadania.
O ProJovem Urbano possibilita ainda a conclusão do ensino fundamental em um ano e meio com direito a uma bolsa no valor de R$100 , além do material didático. Para se matricular é preciso apresentar originais e cópias de carteira de identidade, certidão de nascimento, CPF e comprovante de residência.
Os interessados que não puderem comparecer ao mutirão, podem se inscrever até o dia 3 de novembro nas seguintes escolas: EMEF Dr. Renato Amanajás (rua João Paulo II, bairro Dom Aristides);  EMEF Professor Eduardo Lauande (rua Antônio Amaral de Castro, bairro Almir Gabriel); EMEF Fernando Ferrari (rua Cláudio Barbosa da Silva, bairro Centro); EMEF Nossa Senhora da Paz (Quarta Rua, bairro Novo); EMEF Professor Paulo Freire (alameda Milene, quadra 09, bairro São Pedro); EMEF João Milton Dantas (rua do Fio, bairro Novo).
Serviço: Mutirão de matrículas para o programa ProJovem Urbano no próximo domingo (14), de 8h30 ao meio-dia, na escola Eduardo Lauande, no bairro Almir Gabriel, em Marituba.

EAD SENASP ABRIU INSCRIÇÕES PARA O CCVE

A plataforma SENASP/MJ abriu ainda há pouco inscrições para o Curso de Condutor de Veículo de Emergência, exigência do CONTRAN.

Maiores informações, clique AQUI

Carreatas de fim de semana prejudicam os candidatos, diz cientista político

"Creio que quem priorizar as ruas e secundarizar o palanque virtual poderá estar cometendo o maior erro estratégico nesta campanha eleitoral.
O eleitor hoje se reúne muito mais nas comunidades virtuais do que em salas de reuniões habituais.
Na minha opinião, as carreatas de finais de semanas mais prejudicam do que ajudam os candidatos, afinal, inventar engarrafamento, ao eleitorado estressado,  nos finais de semana, é o fim da picada".
Edir Veiga  - Cientista Político

Primavera: governo, polícia e comunidade melhoram a vida de crianças, jovens e adultos

PRIMAVERA, CIDADE NO NORDESTE DO PARÁ, FAZ, HOJE UM LEGÍTIMO PROCESSO DE POLÍCIA COMUNITÁRIA. Parceria, prevenção e efetividade.
"A parceria da Policia Militar e do Governo Municipal de Primavera ajudaram a fortalecer a relação com a comunidade, a ouvir e entender as opiniões das pessoas. Hoje sou esta pessoa honrada por crianças, jovens e adultos de minha amada Primavera. Muitos concordam, outros discordam de minhas decisões, mas para mim não me importo muito, pois creio que importante é fazer minha parte como Figura Publica de Primavera", disse Kleverton Reis, presidente do CONSEG - Conselho Comunitário de Segurança Pública e Cidadania. 
Na foto, o jovem presidente do Conseg/Primavera, ao lado da prefeita Cleuma Oliveira e do comandante do Pelotão PM de Primavera, sargento Barreto.

Foto: Diante de tudo a parceria da Policia e do Governo Municipal me ajudaram a fortalecer com a comunidade, a ouvir e entender as opiniões da comunidade, hoje sou esta pessoa honrado por Crianças, Jovens e Adultos de minha amada Primavera, muitos concordam outros discordam de minhas decisões, mas para mim não me importo muito mas o que mi importo e fazer minha parte como Figura Publica de Primavera. 
Mostra minhas qualidades que valem mais do que defeitos.

Universidade do Maranhão repudia divulgação de caso do vírus Ebola

NOTA DE REPÚDIO
A Universidade Federal do Maranhão vem a público repudiar veementemente as informações veiculadas nos órgãos de comunicação do Estado sobre um aluno nigeriano que teria falecido, contaminando pelo vírus Ebola, e que outros cinco estudantes estariam contaminados e internados no Hospital Universitário. Por isso, em respeito aos alunos africanos estudantes da UFMA e à opinião pública, tanto a instituição quanto os alunos vêm esclarecer que:

1 - Não há nenhuma informação de que um estudante nigeriano teria desembarcado em São Luís na última terça-feira (29) e, muito menos, com o vírus Ebola;

2¨- Todos os 35 estudantes africanos estão em perfeita condição de saúde e permanentemente acompanhados pelo programa de assistência que inclui, entre outros benefícios, assistência médica regular;

3 - A direção do Hospital Universitário já informou à opinião pública de que a informação transmitida pelas redes sociais é inverídica, preconceituosa e visa somente denegrir a imagem dos estudantes;

4 - A UFMA é uma das instituições de ensino superior do País que mais tem recebido estudantes africanos desde 2008 e afirma – com orgulho – que todos assumiram o Maranhão como a sua segunda casa. Por isso, é intenção da UFMA receber cada vez mais estudantes dos países Guiné Bissau, Angola, Cabo Verde, Nigéria, Benim, Congo, Guiné Conacri, Timor Leste e Moçambique.

5 - Os estudantes ressaltam que a veiculação desta informação é um ato intencional de pura maldade, preconceito, racismo e discriminação contra o povo africano.

Administração Superior da UFMA

Comunidade Acadêmica Africana da UFMA

http://portais.ufma.br/PortalUfma/paginas/noticias/noticia.jsf?id=43726