CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTIR

Loading...

Marituba está enfeitada com as luzes do Natal dos Sonhos

Marituba já vive dias de comemoração do Natal.
Até o dia 11 de janeiro de 2015, a cidade estará com as luzes acesas na Praça Matriz, simbolizando o Natal dos Sonhos de cada cidadão.
A prefeitura organizou, desde o mês de junho deste ano, uma grande mobilização nas escolas e nas ruas para a arrecadação de garrafas pet para fazer acontecer um grande projeto sócio ambiental: o NATAL DOS SONHOS DE MARITUBA.
Foram 600 mil garrafas, hoje devidamente pintadas e adaptadas aos adereços que transformaram a principal praça da cidade  em um  imenso presépio a céu aberto.
O prefeito Mário Filho anuncia que "as iniciativas deste ano ainda são modestas, mas a partir do ano que vem, o objetivo será mobilizar toda a cidade e também levar o projeto para adornar todas as praças de Marituba", garante.
A cidade vive um gostoso clima de mudança e muitas coisas boas vem acontecendo no município, que sempre foi conhecido pelo desmando e pelo alto índice de criminalidade.
"Graças a uma parceria com o governo do Estado estamos transformando a nossa cidade, que já teve uma média de 16 homicídios por mês e hoje esse delito ocorre em média apenas três vezes, como foi em novembro deste ano", informou Mario Filho.

"O Arroz de Palma"

"Família é prato difícil de preparar. São muitos ingredientes. Reunir todos é um problema...Não é para qualquer um. Os truques, os segredos, o imprevisível. Às vezes, dá até vontade de desistir...Mas a vida... sempre arruma um jeito de nos entusiasmar e abrir o apetite. O tempo põe a mesa, determina o número de cadeiras e os lugares. Súbito, feito milagre, a família está servida. Fulana sai a mais inteligente de todas. Beltrano veio no ponto, é o mais brincalhão e comunicativo, unanimidade. Sicrano, quem diria? Solou, endureceu, murchou antes do tempo. Este é o mais gordo, generoso, farto, abundante. Aquele, o que surpreendeu e foi morar longe. Ela, a mais apaixonada. A outra, a mais consistente...Já estão aí? Todos? Ótimo. Agora, ponha o avental, pegue a tábua, a faca mais afiada e tome alguns cuidados. Logo, logo, você também estará cheirando a alho e cebola. Não se envergonhe de chorar. Família é prato que emociona. E a gente chora mesmo. De alegria, de raiva ou de tristeza. Primeiro cuidado: temperos exóticos alteram o sabor do parentesco. Mas, se misturadas com delicadeza, estas especiarias, que quase sempre vêm da África e do Oriente e nos parecem estranhas ao paladar tornam a família muito mais colorida, interessante e saborosa. Atenção também com os pesos e as medidas. Uma pitada a mais disso ou daquilo e, pronto: é um verdadeiro desastre. Família é prato extremamente sensível. Tudo tem de ser muito bem pesado, muito bem medido. Outra coisa: é preciso ter boa mão, ser profissional. Principalmente na hora que se decide meter a colher. Saber meter a colher é verdadeira arte.
As vezes o ídolo da família,  o bonzinho, o bola cheia que sempre ajudou azedou a comida só porque meteu a colher. O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita. Bobagem. Tudo ilusão. Família é afinidade, é à Moda da Casa. E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito. Há famílias doces. Outras, meio amargas. Outras apimentadíssimas. Há também as que não têm gosto de nada, seria assim um tipo de Família Dieta, que você suporta só para manter a linha. Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo. Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.
Enfim, receita de família não se copia, se inventa. A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia. A gente cata um registro ali, de alguém que sabe e conta, e outro aqui, que ficou no pedaço de papel. Muita coisa se perde na lembrança. O que este veterano cozinheiro pode dizer é que, por mais sem graça, por pior que seja o paladar, família é prato que você tem que experimentar e comer. Se puder saborear, saboreie. Não ligue para etiquetas. Passe o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro.
Aproveite ao máximo. Família é prato que, quando se acaba, nunca mais se repete."

Trecho extraído do livro "O Arroz de Palma".
Colaboração: Denise Costa

Jovem preso porque roubava livros para estudar

CANTOR LATINO PODERÁ SER PRESO A QUALQUER MOMENTO

Latino retira shows do ar para que Justiça não o encontre

O cantor Latino está tentando se esquivar da Justiça, após ter sido condenado a pagar três parcelas atrasadas da pensão alimentícia de seu filho Matheus, dois anos, quando mantinha um relacionamento com a ex-modelo Jaqueline Blandy. Por conta disso, ele retirou sua agenda de shows do ar para não ser encontrado.
O músico pode ser preso ainda nesta sexta-feira (19), pois deveria ter quitado a dívida, avaliada em R$15 mil, até esta última quinta-feira (18). “Até agora não entrou nada [do dinheiro]. Mas ninguém conseguiu encontra-lo. Ele está fugindo”, disse Jaqueline em entrevista ao Extra.

Nos autos do processo não consta o endereço de Latino, mesmo que se saiba que ele mora em São Paulo, impossibilitando que seja encontrado.

Latino se pronunciou sobre a polêmica nesta terça-feira (16), que envolve os processos que suas ex-parceiras movem contra ele por conta das pensões alimentícias de três dos seus oito filhos que estão em atraso. Em entrevista ao 'Ego', o músico alegou que as mães dos meninos pedem valores absurdos e afirmou que elas querem viver da pensão.

"Nem fazendo shows todos os dias eu conseguiria pagar o que pedem. Elas não querem aproximação de pai e, sim, viver de pensão. Até três salários mínimos eu pago porque é justo quando se junta os dois lados. Três meus e três delas. Mais do que isso é extorsão. Prefiro ser preso a ver isso acontecer", desabafou ele.

ANDANDO NA LINHA

EXTRAÍDO DO LIVRO "A CASERNA FORA DO SÉRIO"
Um terceiranista chegou comigo para dizer que eu teria que andar na linha, se não ele iria me anotar para ficar de licença cassada no final de semana.
- Mas, eu não estou cometendo nenhuma transgressão, Senhor Aluno! – falei ao aluno do 3º Ano.
- Só que você não está andando na linha. Ninguém lhe ensinou isso?
- Não, senhor! – respondi.
- Então, vá ali perto da parede e ande sobre aquela linha preta. Se sair da linha, vou lhe anotar, bicho! – ordenou o veterano.
Andar na linha significava andar sobre uma faixa de lajota preta, no piso, próximo à parede do corredor da Terceira Companhia. Não tinha como. Nosso ombro batia na parede e não havia como dar um passo após o outro.
- Não há como me equilibrar, Senhor Aluno! – informei minha impossibilidade de cumprir a ordem do terceiranista.
- Cumequié, rapaz? – disse o veterano, com ar de raiva.
- Não tem como dar um passo! – insisti.
- Então, eu vou lhe anotar por descumprimento de ordem de superior hierárquico!
- Sim, senhor! – respondi disciplinadamente.
E ele não parou por aí. Noticiou um novo trote.
- Vou lhe dar mais uma chance para você se redimir comigo, bicho!
- Sim, senhor!
- Apague a luz do corredor da Terceira Companhia, agora!
E eu corri no interruptor mais próximo. Mas, parece que ele ficou aborrecido.
- Tá ficando doido, bicho!
- Não, senhor!
- Então, deixa o terceiranista lhe dar a ordem corretamente. Espere eu terminar de falar!
- Sim, senhor!
- Quem mandou desligar o interruptor?
- Mas, o senhor não mandou apagar a luz do corredor?
- Só que eu quero que você apague no sopro, entendeu, bicho?
- Sim, senhor!
- Então, assopre!
Fiquei assoprando e nada da lâmpada apagar.
Depois de um minuto, o terceiranista se dirigiu pra mim:
- Escuta aqui, cara. Tu és dos bons, nem aloprou. Gostei de ver. Fica frio. Missão cumprida. Pode ir. Esquece tudo o que eu te falei e cuida dos meninos no ano que vem. Tá liberado. Tens cinco segundos para sumir!
E eu saí num tempo menor do que me foi aprazado. Em cinco segundos eu estava longe daquele veterano. Pronto para outro trote. Não estava gostando de nada, mas ia sobrevivendo às brincadeiras dos mais antigos. Era a regra da caserna. A coisa não parecia séria. Porém, eu tinha que me habituar ou partir para outro emprego. Mas, lembrava sempre da carta do meu pai, onde ele recomendava:

- Te segura no pincel que eu vou puxar a escada!
-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Compre o livro pelo celular:
Acesse Google Play: LIVRO A CASERNA FORA DO SÉRIO

Estado começa a pagar o 13º Salário do funcionalismo no dia 15

Estado começa a pagar o 13º Salário do funcionalismo no dia 15

A partir do dia 15 de dezembro os servidores públicos da administração direta e indireta do Governo do Estado do Pará começam a receber o 13º salário que injetará na economia paraense, neste final de ano, mais de R$ 450 milhões. A informação foi divulgada pela secretária de Estado de Administração, Alice Viana, nesta quarta-feira, 03. A parcela única será paga pelo governo paraense entre os dias 15 e 19 de dezembro, beneficiando 106 mil servidores públicos. Logo na sequência terá início o pagamento do salário referente ao mês de dezembro. “O pagamento referente a dezembro inicia no dia 26 e antes do Ano Novo todos os servidores receberão seus salários”, assegurou a secretária. O cronograma será finalizado no dia 30 de dezembro.

Confira a data dos pagamentos:


13º Salário


15/12 - Inativos militares e pensionistas civis / militares.


16/12 - Inativos civis e pensões especiais / Sead.


17/12 - AUDITORIA, CASA CIVIL, CASA MILITAR, CONSULTORIA GERAL, DEFENSORIA, GAB-VICE, PROCURADORIA GERAL, NAF, Secretarias Especiais, SEPAQ, SECTI, SEAD, SEFA, SEPOF, SAGRI, SEMA, SECULT, SEDURB, SEEL, SEICOM, SEJUDH, SEOP, SESPA, SETER, SEAS, SETRAN, SECOM e SETUR.


18/12 - BOMBEIROS, POLÍCIA CIVIL, POLÍCIA MILITAR, SEGUP, ADEPARÁ, ARCON, ASIPAG, CDI, CEASA, COHAB, CPC/RENATO CHAVES, DETRAN, EGPA, EMATER, FCG, FCPTN, FCV, FASEPA, FUNTELPA, FAPESPA, HOSPITAL DE CLINICAS, HOSPITAL OPHIR LOYOLA, HEMOPA, IAP, IMEP, IASEP, IGEPREV, IOE, ITERPA, JUCEPA, PARATUR, PRODEPA, SANTA CASA, SUSIPE, UEPA, IDEFLOR, IDESP, LOTERPA, CPH e NGTM. 


19/12 - SEDUC capital e interior.


Salários de Dezembro:


26/12 - Inativos militares e pensionistas civis / militares.


26/12 - Inativos civis e pensões especiais / Sead.


29/12 - AUDITORIA, CASA CIVIL, CASA MILITAR, CONSULTORIA GERAL, DEFENSORIA, GAB-VICE, PROCURADORIA GERAL, NAF, SECRETARIAS ESPECIAIS, SEPAQ, SECTI, SEAD, SEFA, SEPOF, SAGRI, SEMA, SECULT, SEDURB, SEEL, SEICOM, SEJUDH, SEOP, SESPA, SETER, SEAS, SETRAN, SECOM e SETUR.


29/12 - BOMBEIROS, POLÍCIA CIVIL, POLÍCIA MILITAR, SEGUP, ADEPARÁ, ARCON, ASIPAG, CDI, CEASA, COHAB, CPC/RENATO CHAVES, DETRAN, EGPA, EMATER, FCG, FCPTN, FCV, FASEPA, FUNTELPA, FAPESPA, HOSPITAL DE CLINICAS, HOSPITAL OPHIR LOYOLA, HEMOPA, IAP, IMEP, IASEP, IGEPREV, IOE, ITERPA, JUCEPA, PARATUR, PRODEPA, SANTA CASA, SUSIPE, UEPA, IDEFLOR, IDESP, LOTERPA, CPH e NGTM. 


30/12 - SEDUC capital e interior.

 

Fonte: Agência Pará

Café com Segurança

Conselhos para filhos de ambos os sexos