CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTIR

Loading...

Curso de Aperfeiçoamento e Superior de Polícia encerram nesta quarta, no IESP

Nesta quarta-feira, 28, às 10h, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) entrega a 108 oficiais da  Polícia Militar do Pará o os certificados de conclusão do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais - CAO/2014, com ênfase em Defesa Social e Cidadania, e também do Curso Superior de Polícia e Bombeiro Militar - CSP/2014, com ênfase em Gestão Estratégica e Defesa Social. A formatura acontece no auditório do Instituto de Ensino de Segurança Pública (Iesp), em Marituba.
O Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais forma profissionais da área de segurança pública a partir de uma diretriz pedagógica que contempla questões políticas, administrativas, jurídicas e operacionais , de forma a atender as demandas cada vez mais complexas da gestão de segurança pública. A turma, composta por 77 Oficiais da Polícia Militar do Estado do Pará, é denominada 1º Ten. PM/PA Djalma Barral Campos, in memorian, e como paraninfo o comandante geral da corporação, Coronel Roberto Luiz de Freitas Campos.
O Curso Superior de Policia e Bombeiro Militar está vinculado à Coordenadoria de Ensino Superior do Iesp e permite acesso na escala hierárquica de oficiais dentro da instituição, constituindo requisito indispensável para que os oficiais superiores (majores e tenentes coronéis) atinjam o último posto (coronel). A turma, composta por 31 oficiais do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil do Estado, recebeu o nome de Cipriano Sabino de Oliveira Junior, em homenagem ao presidente do Tribunal de Contas do Estado do Pará, e terá como paraninfo o delegado geral Rilmar Firmino de Souza.

Governo do Estado inicia pagamento dos servidores na próxima terça-feira

 
O funcionalismo público do Pará, da administração direta e indireta, começa a receber os salários de janeiro na próxima terça-feira (27). Segundo o cronograma divulgado nesta sexta-feira (23) pela Secretaria de Estado de Administração (Sead), os inativos militares e pensionistas civis e militares serão os primeiros a receber. O pagamento será encerrado no próximo dia 30 (sexta-feira), com os servidores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), da capital e do interior.
 
Já na folha de janeiro, cerca de 47 mil servidores estaduais serão beneficiados pelo aumento do salário mínimo, que obteve um reajuste de 8,83%, passando de R$ 724,00 para R$ 788,00. O novo mínino tem um impacto imediato de mais de R$ 7,1 milhões na folha de pagamentos do funcionalismo público estadual.
 
Calendário de pagamento
 
Dia 27 (terça-feira) - Inativos militares e pensionistas civis/militares e inativos civis e pensões especiais/Sead
 
Dia 28 (quarta-feira) - Auditoria Geral, Casa Civil, Casa Militar, Defensoria Pública, Gabinete Vice-governadoria, Procuradoria Geral, Sedap, Sectet, Sead, Sefa, Seplan, Semas, Secult, Seel, Sedeme, Sejudh, Sedop, Sespa, Seaster, Setran, Secom e Setur
 
Dia 29 (quinta-feira) - Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar, Segup, Adepará, Arcon, Asipag, Codec, Ceasa, Cohab, CPC/Renato Chaves, Detran, EGPA, Emater, FCG, FCP, Fasepa, Funtelpa, Fapespa, Hospital de Clínicas, Hospital Ophir Loyola, Hemopa, Imetropará, Iasep, Igeprev, IOE , Iterpa, Jucepa, Prodepa, Santa Casa, Susipe, Uepa, Ideflor-Bio, CPH e NGTM. 
 
Dia 30 (sexta-feira) - Seduc, capital e interior
 

Governador quer Ronda no Bairro e PM mais próximas da população

Coronel Gouvêa assumiu Comando Geral da PM em solenidade com participação do governador José Melo (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)Comadante-geral (centro) ao lado dos novos subcomandante (à esquerda) e chefe de Estado-Maior (à direita) (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)
O novo comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) assumiu o comando da corporação na manhã desta quinta-feira (22), em Manaus. O coronel PM Gilberto Andrade Gouvêa afirmou que terá entre desafios realizar mudanças no principal programa de segurança pública do estado – o Ronda no Bairro- e aproximar a PM da população.
A solenidade de passagem de comando ocorreu no Comando da PMAM, no bairro Petrópolis Zona Sul da capital. O coronel Gouvêa substituiu o coronel Marcos César Moreira. Já o coronel Antônio César Escóssio tomou posse no subcomando da PM. Durante a cerimônia, coronel Domingos Sávio assumiu a função de chefe do Estado-Maior.
O governador do Amazonas, José Melo (PROS), participou da solenidade e disse que pretende iniciar mudanças no Programa Ronda no Bairro, que atende toda a cidade Manaus e alguns municípios do interior do estado. "É um momento de ajuste e aprimoramento do Ronda no Bairro, que é um programa muito bom e conseguiu fechar o ciclo do sistema de segurança pública com a polícia cidadã. Porém, como tudo, precisa ser aprimorado e é isso que vamos fazer agora", avaliou.
Melo e Gouvêa não anteciparam quais mudanças pretendem executar no Programa Ronda no Bairro. "Estamos concluindo a reforma do governo, do ponto de vista estruturante, e acredito que até dia 15 de fevereiro a Assembleia do Amazonas terá aprovado e, então, as mudanças ocorrerão", justificou o governador.
A proposta do governo é reforçar o combate e prevenção ao tráfico de drogas, aliando policiamento ostensivo com iniciativas de inclusão de jovens. "O novo comandante da Polícia Militar dará um treinamento para os oficiais e soldados que atuam no Ronda no Bairro no sentido de aprimorar essa relação com o povo. Além de ampliar a cobertura do programa em Manaus e no interior", ressaltou José Melo. 
O novo comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel PM Gilberto Gouvêa, disse que a Polícia Militar passará por mudanças. "Vamos iniciar um processo de transformação para dar respostas mais precisas daquilo que a comunidade espera da PM. A premissa do governo para segurança pública é melhorar a qualidade do relacionamento da Polícia Militar com o cidadão. A filosofia de policiamento comunitário vem justamente para melhorar. As pessoas que desviarem da legislação e do nosso regulamento terão a oportunidade de se defender, mas caso seja comprovado serão punidos", enfatizou.

Governador quer a Polícia mais próxima do cidadão

Num evento que contou com a presença de autoridades estaduais, militares, dos profissionais da imprensa e da população em geral, o governador do Tocantins, Marcelo Miranda, participou na manhã desta terça-feira, 13, em Palmas, da cerimônia de passagem de comando da Polícia Militar do Estado.

Durante a solenidade, o governador fez uma avaliação dos primeiros dias de seu governo e relatou problemas graves deixados pela antiga gestão, como o não pagamento da folha de servidores referente a dezembro de 2014, a não divulgação da lista de aprovados no último concurso da Secretaria da Defesa Social e a entrega das contas do governo para serem analisadas pela Assembleia Legislativa, que até o momento não foi realizada.

“A sociedade tocantinense precisa saber do que ficou para trás. O atual governo não pode pagar o preço da antiga gestão. Temos que olhar sempre à frente, mas não podemos deixar para trás os problemas do passado. Na madrugada de hoje os funcionários estaduais receberam os seus salários. Eu acho que já foi uma grande ação em que toda a equipe de governo discutiu e encontrou uma solução. O servidor público será respeitado em nosso governo, como toda a sociedade. Mas nós vamos buscar os responsáveis por estes problemas que identificamos no Estado”, garantiu.


Cerimônia de Troca de Comando

Na cerimônia desta manhã, o novo comandante da Polícia Militar, major Glauber de Oliveira Santos, assumiu o cargo ocupado pelo major Luís Cláudio Benício. Também na ocasião aconteceram as trocas de comando do 1º Batalhão da Capital, da Companhia Independente de Policiamento Rodoviário Ambiental (Cipra), da Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe), da Academia Policial Militar Tiradentes e do Colégio de Polícia Militar.

Segundo o governador, o Tocantins vai implementar uma gestão policial pautada no diálogo com a comunidade e intolerante ao crime e a violência. “Já demos prova de que seremos firmes no combate à criminalidade, não só pela indicação do comando da PM, mas também na escolha do secretário da Segurança Pública. A ênfase do nosso governo será a Polícia Mais Perto de Você, pois acreditamos que a função da Polícia Militar não é só de prender, mas garantir a segurança da sociedade”, afirmou.

Para o novo comandante da Polícia Militar, a atuação da PM será ostensiva no combate ao crime e na proximidade com a população. “Vamos resgatar o trabalho da Polícia Comunitária, mas também com a presença constante de policiais nas ruas a fim de inibir a ação de bandidos”, frisou.

COMANDANTE GERAL DA PMPA É HOMENAGEADO NO ANIVERSÁRIO DE BELÉM

O Comandante Geral da PMPA, coronel Roberto Campos, recebeu, na noite da segunda-feira, 12 de janeiro, a Medalha do Mérito Francisco Caldeira Castelo Branco, das mãos do Prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho.
A comenda, que é a maior honraria da PMB, foi entregue na solenidade comemorativa aos 399 da capital, realizada no Hangar Centro de Convenções, em evento que reuniu milhares de pessoas, além de autoridades e personalidades da Cidade das Mangueiras que em 2016 comemorará seu quarto centenário de fundação.
A outorga da Medalha Castelo Branco, que carrega o nome do fundador de Belém é destinada ao reconhecimento a personalidades e entes públicos e privados que se destacaram, por meio de atividades, projetos, serviços e iniciativas em suas áreas de atuação e contribuíram para o desenvolvimento da cidade.(Imagens: Esther Barbosa/Ascom)
www.pm.pa.gov.br

Coronel Gouveia é novo comandante de Polícia Militar do Amazonas

O coronel Gilberto Gouveia é o novo comandante geral da Polícia Militar do Amazonas. O anúncio será confirmado nesta terça-feira, pelo governo, quando a nomeação será publicada no Diário Oficial do Estado. Gouveia já vinha comandando a PM, desde o afastamento sumário do ex-comandante, o coronel Eliézio. O nome do novo comandante não foi bem aceito por um grupo dos militares que ficou decepcionado com o governador José Melo que teria traído o grupo que o apoiou nas últimas eleições. Considerado linha dura, o novo comandante terá que resgatar a hierarquia e a confiança da população na briosa PM. Uma tarefa nada fácil, depois dos recentes escândalos envolvendo oficiais, praças e programas como o Ronda no Bairro que perdeu totalmente a referência.