Quadrilha que pretendia assaltar ônibus de viagem é presa no Pará

Uma quadrilha de assaltantes foi presa em flagrante nesta sexta-feira (16) nos municípios de Capanema, Castanhal e Santa Maria do Pará, no nordeste do estado.

O grupo pretendia assaltar um ônibus de agência de viagem, que seguia de Belém para Fortaleza, no Ceará. Cinco homens foram presos, com armas de fogo e veículos que seriam usados no crime.
Foragido da Justiça do Pará, um dos suspeitos tem dois mandados de prisão por envolvimento em roubos a duas agências bancárias nos municípios de Curuçá e Garrafão do Norte, ocorridos neste ano. Um outro é soldado da Polícia Militar, atualmente de licença médica e com ele foi apreendida uma pistola calibre .40.
A outra arma, um revólver calibre 38, estava com outro suspeito, que chegou a atirar contra os policiais civis e acabou baleado em uma das pernas.
O bando já era investigado por envolvimento em assaltos a bancos, roubos a transportes de cargas e a residências, na região.
As prisões resultaram de uma operação envolvendo policiais civis da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e do Grupo de Pronto-Emprego (GPE), unidade tática da Polícia Civil. Essa foi a 10ª quadrilha presa pela DRCO, em 2013, por envolvimento em crimes como roubos a agências bancárias, carros-fortes e caixas eletrônicos de bancos.
O coordenador da operação, delegado André Costa, diretor da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), unidade vinculada à DRCO, informou que os presos fazem parte da quadrilha liderada por Márcio Marajó, que foi preso em julho deste ano por policiais civis, comandados pelo delegado Eder Mauro, da Divisão de Repressão a Furtos e Roubos. Após a prisão de Márcio Marajó, a quadrilha passou a roubar veículos de transporte de cargas e de passageiros, sob o comando de Laurimar e Fausto.
Segundo André Costa, na quinta-feira (15) os acusados se reuniram em Marituba, município da Região Metropolitana de Belém, para planejar o assalto a um ônibus de agência de viagem, na Rodovia BR-316. “Eles tinham informações seguras de que, dentro do ônibus, havia mais de R$ 200 mil em dinheiro com os passageiros que seguiam para Fortaleza”, contou o delegado.
O bando iria interceptar o ônibus, à altura do KM-185, perto da cidade de Capanema. Policiais civis acompanharam os passos a quadrilha e abordaram um carro na BR-316, no KM-75, em Castanhal. Dentro do veículo estavam Fausto e Laurimar. Os dois já aguardavam a passagem do ônibus para segui-lo até o momento da interceptação, perto de Capanema.
Após a prisão, os policiais civis seguiram até outro trecho da rodovia, já no município de Santa Maria do Pará, onde, em um ramal, estavam mais cinco integrantes da quadrilha, em outros carros. Os policiais foram recebidos a tiros. Marco Antônio foi baleado e acabou preso. Os outros quatro fugiram. Com o preso foi apreendido um revólver. Marco Antônio foi levado ao hospital em Capanema, para receber atendimento médico.
Ao mesmo tempo, foi preso em Capanema Francisco das Chagas, que estava em outro carro que seria usado no apoio ao assalto. Dois dos quatro carros foram trazidos para Belém - um Honda Civic e um Fiat Siena. Os presos foram autuados por formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo e resistência à prisão. O caso será comunicado ao Comando Geral da PM, para tomada de medidas cabíveis contra Fausto de Carvalho.

http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2013/08/quadrilha-que-pretendia-assaltar-onibus-de-viagem-e-presa-no-para.html