Delegado Rilmar Firmino assume a Delegacia-Geral da Polícia Civil do Pará


Delegado Rilmar Firmino assume a Delegacia-Geral da Polícia Civil do ParáDelegada-geral Adjunta será  Christiane  Lobato

O Diário Oficial do Estado do Pará publicou, na edição desta terça-feira, 8, as portarias assinadas pelo governador do Pará, Simão Jatene, de nomeação dos delegados que assumem os cargos de delegado-geral e delegado-geral adjunto da Polícia Civil do Pará, a contar do dia 7 deste mês. O delegado Rilmar Firmino de Sousa é o novo delegado-geral em substituição ao delegado Nilton Jorge Barreto Atayde, que deixa o cargo de delegado-geral em função de ter completado o tempo de aposentadoria, que coincidiu com a chegada ao posto máximo da carreira de delegado da Polícia Civil do Pará: a classe D.
Como delegado-geral, Nilton Atayde avalia como positiva sua administração à frente da instituição, citando alguns avanços ocorridos dentro da corporação, voltados principalmente à melhoria dos serviços prestados à sociedade, como as obras de reforma e construção de cerca de 30 novas Delegacias de Polícia na capital, Região Metropolitana e interior do Estado, e outras 17 novas delegacias cujas obras em andamento; aquisição de novas viaturas, coletes à provas de balas e armas ao efetivo policial; as progressões funcionais de servidores da corporação, que não ocorriam há dez anos; a instituição de novas Delegacias, como a de Proteção ao Idoso e a de Combate a Crimes Discriminatórios e Homofóbicos; e a criação da Diretoria de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAV), que presta atendimento específico a pessoas vítimas de discriminação, mulheres, adolescentes e homoafetivos, entre outros projetos.
O delegado Rilmar Firmino, que exercia a função de delegado-geral adjunto, tem 45 anos e há 12 atua como delegado da Polícia Civil classe B. Ex-militar do Exército Brasileiro e natural do Estado da Paraíba, já esteve à frente de vários cargos relevantes na instituição policial, como o de superintendente das regiões do Baixo e Médio Amazonas e da Zona Bragantina; diretor do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) e da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Desenvolveu no período em que foi superintendente da Polícia Civil na região Bragantina, implantou o projeto do treinamento de capacitação em operações policiais, no interior do Estado, em que coordenou a capacitação de dezenas de policiais em ações táticas.
Já o cargo de delegado-geral adjunto passa a ser exercido pela delegada Christiane Ferreira da Silva Lobato, que era a titular da Diretoria de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAV). Christiane Lobato tem 37 anos, dos quais sete na Polícia Civil. Já atuou em unidades como a Delegacia de Pontas de Pedras, o Grupo de Pronto-Emprego (GPE), a Seccional Urbana do Comércio e a Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA). Recentemente, prestou assessoria às CPIs do Tráfico de Pessoas, em Brasília, e da Pedofilia, na Assembleia Legislativa do Pará.

http://www.policiacivil.pa.gov.br/?q=node/6744