Comando da PM esclarece sobre prisão de policiais


Comando da PM esclarece sobre prisão de policiais (Foto: Daniel Costa)
O coronel Daniel Mendes anunciou medidas que serão tomadas sobre o caso dos policiais paraenses (Foto: Daniel Costa)


O comandante geral da Polícia Militar do Pará, Coronel Daniel Mendes, concedeu na tarde de sexta-feira (22) uma entrevista coletiva esclarecendo sobre a prisão de nove policiais que utilizaram redes sociais para incitar greve da categoria.
Segundo o coronel, a corregedoria da PM estava investigando a criação de uma página na rede social Facebook que tentava mobilizar os policiais a entrarem em estado de greve.  O perfil postava na internet queixas contra superiores, queixas contra a categoria e ameaças de paralisação, inclusive com o uso de palavras de baixo calão.
Os autores do site foram identificados e a prisão preventiva dos suspeitos foi decretada pelo juiz Pedro Sotero, da Justiça Militar, sob as acusações de incitação de greve e incitação a crime militar. Dos indiciados, cinco são residentes de Belém e quatro são do interior do Estado.
Os acusados permanecerão presos enquanto durar a investigação. O inquérito deverá ser concluído em até 20 dias.

(Gustavo Dutra/DOL com informações de Daniel Costa)