Santa desiste de ação e Parazão deve reiniciar

Pressionado pela torcida paraense, na tarde desta sexta-feira (12) o Santa Cruz de Cuiarana desistiu do mandado de garantia, que cobrava a suspensão do Campeonato Paraense 2013. A desistência foi comunicada e oficializada pouco antes do Tribunal de Justiça Desportiva do Pará (TJD/PA) dar início ao julgamento do pedido feito pelo clube.
Com isso, a Federação Paraense de Futebol (FPF) deve remarcar as semifinais do segundo turno do Parazão para os dias 20 e 21 de abril.
As atitudes da equipe de Cuiarana viraram alvo de muitas críticas por parte de torcedores, jogadores e até dirigentes das demais equipes que participaram do certame estadual. Por uma semana, a competição ficou suspensa, embora atletas de Paragominas, Paysandu, Clube do Remo e Tuna Luso tenham treinado e concentrado para as partidas das semifinais. Além da inatividade, os clubes amargaram prejuízos financeiros ainda não calculados.
Segundo o advogado do Santa Cruz, André Cavalcante, o clube pedia apenas a suspensão da sétima rodada do returno ou do jogo contra o Paysandu, em que o time foi derrotado por W.O., porque não apareceu no local da partida. “Nós não tínhamos nenhuma pretensão além dessa. Gostaria de pedir a extinção a desistência do mandado de garantia para normalizar o campeonato paraense de futebol”, disse o advogado, durante audiência no Tribunal de Justiça Desportiva do Pará (TJD/PA).
Acompanhe no DOL, a qualquer momento, mais informações sobre a definição das datas dos jogos de ida da semifinal do segundo turno do Parazão, entre Paragominas e Tuna Luso e Paysandu e Clube do Remo.
(DOL)