Polícia Militar do Estado do Pará forma 41 novos aspirantes a oficiais


Agência Pará de Notícias
Quarenta e um aspirantes receberam, na noite da última quinta-feira, 9, os certificados do Curso de Formação de Oficiais Combatentes da Polícia Militar com Graduação em Defesa Social, durante solenidade realizada na sede do Instituto de Ensino de Segurança Pública (Iesp), em Marituba. A capacitação teve duração de três anos e a grade curricular foi pautada principalmente em estratégias organizacionais voltadas aos direitos humanos, como os sistemas de Polícia Cidadã, de Aproximação e Comunitária.
A solenidade contou com a presença de várias autoridades, entre elas os Comandantes Gerais da PM, Coronel Daniel Mendes, e do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel João Hilberto; Delegado Geral de Polícia Civil do Pará, Rilmar Firmino; o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandez Rocha; além de Oficiais Generais das Forças Armadas.
Para Luiz Fernandes, o investimento nesse tipo de formação garante um policial mais qualificado e também mais segurança para a população. “Tenho certeza que esses 41 homens saem daqui capacitados a administrar com muito mais propriedade qualquer situação, pois mao longo desses três anos eles foram treinados para liderar. A qualidade da segurança pública ganha em muito com o ingresso desses novos aspirantes em serviço”, declarou.
O chefe da Casa Militar da Governadoria do Estado do Pará, Coronel Fernando Dopazo Noura, escolhido o paraninfo da turma, também aposta na qualidade da formação dos novos aspirantes a oficiais da PM. Para ele, o maior desafio de todos eles começa a partir de agora. “Essa formação atender um anseio da corporação em preparar os novos policiais a partir de uma nova visão, mais completa e atual do cenário da segurança pública no país e no mundo".
Formação – O diretor do Iesp, Emílio Ferreira, destacou que o curso de formação de oficiais tem carga de 4.100 horas/aulas e contempla disciplinas da área do Direito, Administração, passando ainda por noções de operações e técnicas policiais, direitos humanos, Polícia Comunitária, logística e administração de pessoal. “Esses são conhecimentos inerentes à atividade policial e que dão a instrumentação para que ele desenvolvam sua atividade com qualidade”.