Preso garçom que se passava por policial para extorquir

Suspeito de 33 anos tentava tirar dinheiro de vítimas de roubo de carga.
Golpista cobrava R$ 20 mil de empresários e ainda se passava por tenente.

A Justiça de São João da Boa Vista (SP) decretou nesta terça-feira (14) a prisão preventiva de um garçom de 33 anos que se passava por policial e tentava extorquir vítimas de roubo de carga. Segundo a polícia, o suspeito confessou o crime.
Para ter acesso às informações sobre cargas roubadas, o golpista alegava ser tenente da Polícia Militar. Ele ligava para jornais da região para pegar o contato das vítimas de assaltos já noticiados.

O garçom teria entrado em contato com um empresário de São João da Boa Vista, dono de uma carga de implementos agrícolas avaliada R$ 100 mil roubada na semana passada, em Uberaba (MG). Por telefone, o suspeito disse que tinha encontrado o material e que cobrava R$ 20 mil para devolvê-lo.

O empresário depositou metade do valor exigido pelo suspeito. A polícia rastreou a conta e chegou ao garçom, que mantinha em Aparecida de Goiânia (GO) um padrão de vida muito acima do seu rendimento mensal. Ele foi preso e confessou o golpe.
 
http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2013/05/garcom-que-se-passava-por-policial-para-extorquir-e-preso-em-sao-joao.html