CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTIR

Loading...

Comandante entrega o cargo

O coronel Camilo não é mais o comandante geral da PM de São Paulo.
A mídia atribui a queda de Camilo aos diversos conflitos entre torcedores e algumas ações agressivas de policiais militares que se excederam nas ocorrências.
Camilo foi um excelente comandante. Homem equilibrado e profissional com apurada visão estratégica.
Camilo dominava o que ocorria na sua corporação em termos de política de prevenção. Era um entusiasta da filosofia de polícia comunitária e um dos maiores incentivadores do Proerd.
Aliás, a Polícia Militar do Estado de São Paulo, que possui 100 mil homens e mulheres, baseia sua atuação em três eixos: direitos humanos, polícia comunitária e gestão pela qualidade.
Que inveja!
Um dia chegaremos lá.