Mais policiais nas ruas não resolvem o problema



Não há dúvidas sobre a importância da presença física do policial para a prevenção do delito, mas um projeto de controle da criminalidade que se fundamente apenas em aumentar cada vez mais o número de policiais estará fadado ao insucesso.
O delinqüente não muda de vida quando vê um policial.
Ele muda de local, horário ou modo de agir.
 (Carlos Alberto Camargo - coronel da Polícia Militar do estado de São Paulo)