Confronto de torcedores na venda de ingressos para o clássico

Durante a venda de ingressos para o clássico entre Clube do Remo e Paysandu, hoje de manhã, houve um confronto entre torcedores, na esquina da travessa Antonio Baena com a avenida Almirante Barroso.
Segundo a Polícia Militar, cerca de 40 pessoas estavam envolvidas na briga, mas apenas 12 foram detidas, sendo 6 adolescentes.
Os policiais foram chamados ao local porque receberam uma denúncia de que os azulinos iriam interditar a Almirante Barroso para protestar contra a desorganização na venda de ingressos. “Conseguimos evitar que isso acontecesse, mas nessa hora começou uma pancadaria. Ouvi pelo menos uns cinco disparos para o alto e vi dois torcedores armados com revólver”, relata o tenente Luciano Mangas, chefe da operação.
Ainda de acordo com o tenente, o tumulto começou quando um grupo de torcedores do Paysandu passava pelo local, com destino à Curuzu. “Foi muita correria. Algumas pessoas tentaram se esconder dentro de um supermercado, na Almirante. Eles eram muitos, por isso só conseguimos capturar doze elementos”, encerra.
Os seis adolescentes foram encaminhados à Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data). Já os outros seis adultos envolvidos na briga foram levados para a Seccional de São Braz.