Presos suspeitos de envolvimento em homicídos e tráfico de drogas


Dois foram detidos suspeitos de assassinatos em Salinópolis.
Uma mulher foi presa em flagrante por venda de cocaína.


Três pessoas foram presas suspeitas de envolvimento em homicídios e tráfico de drogas em Salinópolis, município do nordeste paraense. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (11).
Um dos detidos é suspeito de participar da morte de João Sérgio Rocha do Carmo, no dia 28 de fevereiro, durante assalto ocorrido na Praça Luiz Bentes. Armado de faca, o suspeito pretendia roubar o telefone celular da vítima. Segundo a polícia, João reagiu ao roubo aplicando um soco no rosto do suspeito e foi esfaqueado no pescoço.
O suspeito foi indiciado como autor do crime. “Ele já tem uma condenação da Justiça por outro homicídio, e estava praticando roubos na cidade”, informou o delegado Raphael Cecim, que coordena as investigações.
A prisão ocorreu após mais um roubo, quando o suspeito tentava fugir da cidade junto com um comparsa, foragido da Complexo Penitenciário de Americano. Os dois acabaram parados na barreira de fiscalização da Polícia Rodoviária Estadual.
O outro preso, de 18 anos, é suspeito de assassinar a companheira, R.S.S., 17 anos, no último dia 6 de março, na residência do casal, no bairro Nova Brasília, periferia de Salinópolis. Segundo a polícia, ao ser preso, o rapaz negou a autoria do crime e apontou um homem, cujo nome não soube informar, como sendo o autor do homicídio.
Para apurar os fatos, os policiais civis da cidade, com o apoio da Polícia Militar, iniciaram as investigações. Dez testemunhas foram ouvidas pelos delegados Raphael Cecim e Saullo Andrade. Uma equipe do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves esteve no local do crime, fazendo exames e necropsia.
Diante das provas, o rapaz acabou confessando. Ele contou aos policiais que a companheira teria sido vítima de um disparo acidental. O suspeito foi autuado em flagrante por homicídio e violência doméstica, com base na Lei Maria da Penha.
Operação
Uma mulher foi presa suspeita de tráfico de drogas durante a operação “Águas de Março”. Segundo a polícia, ao ver a aproximação dos agentes, a suspeita arremessou papelotes de pasta base de cocaína pela janela em direção a um mangue.

A operação prossegue à noite, quando diversas pessoas com conduta suspeita são abordadas em bairros da cidade. A operação é comandada pelo major Paulo Sérgio, da PM, e pelos delegados Raphael Cecim e Saullo Andrade, da Delegacia de Salinópolis.