Mal entendido na "Caserna"




MAL ENTENDIDO
Uma senhora foi até o CIOP (Centro Integrado de Operações), para reclamar pela forma como um atendente recebeu a ligação que fez para o número 190.
Ao ser recebida pelo diretor do órgão, ela foi logo contando a sua indignação, na sala do coronel:
- Veja só, moço. Fui estuprada e ao ligar para o 190, desesperadamente, perguntei: “o que é que eu faço”?
- E o que foi que disse o nosso atendente? – perguntou o diretor do Ciop.
- Ora, coronel, o atendente me respondeu na maior cara-de-pau: “- Procure o sexo anal”. Que absurdo, meu senhor! – informou, indignada.
Com um sorriso meio preso entre os dentes, o diretor tranqüilizou a queixosa vítima:
- Não foi isso, não. Ele disse para a senhora procurar a Seccional. Ele se referia à Seccional da Polícia Civil.