Polícia prende quinto acusado de assalto à residência de empresário

DENÚNCIA pelo telefone 181 LEVOU AO ESCONDERIJO DO BANDIDO

Polícia Civil
O acusado Tiago Teixeira Sales, as armas e demais objetos apreendidos na casa dele

Da Redação
Agência Pará de Notícias

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), prendeu na tarde de sexta-feira (17) Tiago Teixeira Sales, 26 anos, de apelido "Tiaguinho", apontado como um dos envolvidos no assalto à casa de um empresário, em um condomínio em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém. No assalto, ocorrido no último dia 25 de março, os acusados levaram R$ 2 milhões em dinheiro e joias. Tiago foi abordado no Conjunto Residencial Império Amazônico, na Avenida Almirante Barroso, bairro do Souza, em Belém.
Na casa dele foram apreendidas quatro armas de fogo. Também foram encontrados cerca de R$ 15 mil com o acusado, além de um equipamento de som, munição, roupa com camuflagem e telefones celulares. Entre as armas estava uma metralhadora Famae, pertencente à DRCO, que havia sido furtada, junto com outras armas, de uma unidade policial. Três dessas armas já foram recuperadas.
Tiago é o quinto integrante da quadrilha responsável por esse crime a ser preso, após investigações feitas pela equipe da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), sob o comando dos delegados André Costa e Ivanildo Santos.
Conforme o delegado André Costa, uma denúncia feita ao serviço 181, Disque-Denúncia, levou os policiais civis até o conjunto residencial. A informação era de que uma arma de grosso calibre estava em uma casa no local.
Além da metralhadora foram apreendidas duas pistolas de calibres 9 mm e ponto 40, esta de uso autorizado apenas por policiais, e um fuzil AR15, de uso exclusivo das Forças Armadas.