MESTRADO EM SEGURANÇA PÚBLICA

Prezado Servidor do Sistema de Segurança Pública do Estado do Pará.

A SEGUP está patrocinando um Curso de Pós-Graduação em Defesa Social e Mediação de Conflitos, em nível de Mestrado a ser realizado na UFPA, com a disponibilidade de até 15 vagas para atender os profissionais da Área de Segurança Pública;
O período de inscrições será de 13 a 28 de junho de 2013, das 09h às 13h, no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Defesa Social e Mediação de Conflitos da UFPA, localizado à Rua Augusto Corrêa, nº 01, bairro do Guamá.
Prioritariamente até a inscrição faz-se necessário elaborar o projeto de pesquisa, providenciar a documentação necessária e atualizar o curriculum vitae na plataforma Lattes (http://www.cnpq.br);
Na próxima terça-feira, 18/06/2013, será realizada uma oficina de elaboração de projeto, no Comando Geral da PMPA a partir das 15:00 horas, com o objetivo de orientar os candidatos;
Requisitos necessários para a pré-seleção dos candidatos do Sistema de Segurança Pública:
1.       Ser servidor público concursado do Estado do Pará que faça parte de uma instituição do Sistema de Segurança Pública Estadual. Se servidor público militar, ter no mínimo 10 (dez) anos de serviço e no máximo 27 (vinte sete) anos de efetivo serviço. Se servidor público civil, ter no mínimo 5 (cinco) anos de serviço e no máximo 27 (vinte sete) anos de efetivo serviço;
2.       Possuir curso de graduação superior, devidamente reconhecido pelo MEC, na forma da lei, como requisito necessário à realização de curso de pós-graduação stricto sensu, junto a Instituição de Ensino Superior;
3.       Não ter sido punido administrativamente nos últimos 5 (cinco) anos e não estar subjúdice. Os candidatos deverão apresentar as certidões negativas no ato da pré-inscrição junto ao IESP;
4.       O tema do projeto de pesquisa, com vista à dissertação final, deverá ser necessariamente relacionado à área de segurança pública do Estado do Pará;
5.       Ter conhecimento de língua estrangeira, pois serão avaliados, por meio de teste de proficiência, de acordo com os critérios estabelecidos pela UFPA;
6.       Apresentar declaração da instituição/órgão a que pertence, recomendado/autorizado a participação do servidor no processo seletivo, assinado pelo chefe maior da instituição/órgão, conforme modelo especificado no edital;
7.       Ter disponibilidade de até 20 (vinte) horas semanais para realização do curso;
8.       Está em dia com suas obrigações eleitorais, civis e militares;
9.       O processo de seleção acadêmica será realizado conforme o edital do PPGDSMC elaborado pela UFPA;
10.   O PPGDSMC não substitui os cursos compulsórios à carreira dos servidores civis e/ou militares: CAODP, CSPBM e outros.