Policiais militares são chamados para participar das manifestações amanhã

Policiais Militares estão sendo convocados pela Associação de Cabos e Soldados Militares do Ceará (ACSMCE), a participarem das manifestações que vão acontecer nesta quinta-feira (27) em Fortaleza, antes do jogo entre Espanha e Itália, marcado para as 16h na Arena Castelão.

A convocação está acontecendo de forma massiva direcionado aos policiais e bombeiros militares, bem como aos familiares destes a se juntar aos manifestantes, que em rede social, já ultrapassam os 50 mil que devem participar da manifestação.

Diferente da última quarta-feira (19) quando o Brasil enfrentou o México, e vândalos iniciaram o confronto com a polícia na Avenida Alberto Craveiro, para essa quarta a promessa são quatro frentes de manifestações, ocupando as quatro principais vias de acesso à Arena Castelão: Avenida Alberto Craveiro, Avenida Deputado Paulino Rocha, Avenida Juscelino Kubitscheck e Avenida Dédé Brasil.

A ameaça via rede social é bem clara: "Dessa vez vamos chegar a Arena Castelão". Agora o perigo é dos próprios policiais Militares integrarem os protestos. Em determinada declaração via fazebook, chegou-se a dizer que "o confronto agora vai ser entre PMs e o batalhão de choque".

Outro quem incita a convocação da população à rua é o vereador Wagner Sousa. Usando o nome de capitão Wagner, ele foi um dos principais nomes na última greve da PM no Ceará, em janeiro de 2011. Em rede social ele faz a divulgação do vídeo dos presidentes das associações ligadas a Policiais Militares sobre o chamamento à rua dos familiares de PMs.

A manifestação em Fortaleza está marcada para meio dia, saindo dos quatro pontos definidos pela organização. A concentração será a partir das 10h.