Caça-Rato: o arrasta povo do Baenão


Caça-Rato ajudou a tirar o Santa Cruz da quarta divisão e quer repetir o feito no Leão (Foto: Mário Quadros)

Se no desembarque em Belém, o atacante Flávio Caça-Rato já teve recepção digna de ídolo, na apresentação oficial no estádio Evandro Almeida, a festa foi ainda mais surpreendente. A torcida azulina compareceu em peso ao Baenão, debaixo de um calor escaldante, para recepcionar o atleta, bastante ovacionado a cada entrada no gramado.

De quebra, o departamento de futebol do clube aproveitou a oportunidade para fazer do evento, a apresentação oficial do elenco, que havia sido feita na segunda-feira. Todo elenco esteve presente, exceto o volante Dadá, mas que já renovou contrato. Assim que apareceu no gramado, a multidão despertou na arquibancada.

“Eu fico feliz. Isso acontece pelo que você fez nos anos anteriores. Eu fiz muito no Santa Cruz, mas não me considero ídolo. Aqui vou buscar o meu espaço, com toda certeza”, agradeceu o atacante, que disse ter pesado em sua decisão, a parceria feita com o técnico Zé Teodoro nos tempos de Santa Cruz-PE

“O Zé Teodoro foi um cara que me ajudou muito. Ele confia em mim, e por isso a minha vinda pra cá pesou. Eu sei que ele vai confiar e eu quero recomeçar, dar uma levantada na carreira. Foi com ele que eu mais joguei e sou muito grato. Pretendo recomeçar do 0, mas sempre disposto a ajudar”, revela.

Caça-Rato quer fazer no Remo o que fez no clube pernambucano nos anos de 2012 e 2013, e apagar a temporada passada da sua cabeça.

“Eu estou sempre preparado para os desafios que surgem na minha carreira. Quando cheguei no Santa Cruz, o time estava na mesma situação do Remo, sem série. Conseguimos colocar na Série B. Aqui não será diferente. Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar, então temos que estar focados nisso. O primeiro objetivo é conquistar o estadual, respeitando todos os adversários”, encerra.

Fonte: Blog do Ícaro