Governador quer a Polícia mais próxima do cidadão

Num evento que contou com a presença de autoridades estaduais, militares, dos profissionais da imprensa e da população em geral, o governador do Tocantins, Marcelo Miranda, participou na manhã desta terça-feira, 13, em Palmas, da cerimônia de passagem de comando da Polícia Militar do Estado.

Durante a solenidade, o governador fez uma avaliação dos primeiros dias de seu governo e relatou problemas graves deixados pela antiga gestão, como o não pagamento da folha de servidores referente a dezembro de 2014, a não divulgação da lista de aprovados no último concurso da Secretaria da Defesa Social e a entrega das contas do governo para serem analisadas pela Assembleia Legislativa, que até o momento não foi realizada.

“A sociedade tocantinense precisa saber do que ficou para trás. O atual governo não pode pagar o preço da antiga gestão. Temos que olhar sempre à frente, mas não podemos deixar para trás os problemas do passado. Na madrugada de hoje os funcionários estaduais receberam os seus salários. Eu acho que já foi uma grande ação em que toda a equipe de governo discutiu e encontrou uma solução. O servidor público será respeitado em nosso governo, como toda a sociedade. Mas nós vamos buscar os responsáveis por estes problemas que identificamos no Estado”, garantiu.


Cerimônia de Troca de Comando

Na cerimônia desta manhã, o novo comandante da Polícia Militar, major Glauber de Oliveira Santos, assumiu o cargo ocupado pelo major Luís Cláudio Benício. Também na ocasião aconteceram as trocas de comando do 1º Batalhão da Capital, da Companhia Independente de Policiamento Rodoviário Ambiental (Cipra), da Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe), da Academia Policial Militar Tiradentes e do Colégio de Polícia Militar.

Segundo o governador, o Tocantins vai implementar uma gestão policial pautada no diálogo com a comunidade e intolerante ao crime e a violência. “Já demos prova de que seremos firmes no combate à criminalidade, não só pela indicação do comando da PM, mas também na escolha do secretário da Segurança Pública. A ênfase do nosso governo será a Polícia Mais Perto de Você, pois acreditamos que a função da Polícia Militar não é só de prender, mas garantir a segurança da sociedade”, afirmou.

Para o novo comandante da Polícia Militar, a atuação da PM será ostensiva no combate ao crime e na proximidade com a população. “Vamos resgatar o trabalho da Polícia Comunitária, mas também com a presença constante de policiais nas ruas a fim de inibir a ação de bandidos”, frisou.