Corrida da Mulher leva 1.200 competidoras às ruas de Belém

Eunice Pinto/ Ag. Pará
A aposentada Maria de Nazaré Leal, 63 anos, conseguiu completar todo o percurso e deu um exemplo de vitalidade e disposição

Da Redação
Agência Pará de Notícias

A 2ª edição da Corrida da Mulher, promovida pelo Governo do Estado, por intermédio do projeto Pro Paz em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, levou um colorido especial às ruas do centro de Belém na manhã deste domingo.10. No total 1.200 mulheres participaram da prova, que teve um percurso de 5,5 km, começando pela Doca de Souza Franco, percorrendo a avenida Marechal Hermes, Presidente Vargas, contorno da Praça da República, Assis de Vasconcelos, Marechal Hermes e voltando à Doca.
“As inscrições superaram nossa expectativa e o interesse das mulheres por este evento demonstrou que cada vez mais o esporte pode ser visto como uma política de paz. E esta é uma das principais bandeiras levantadas pelo Pro Paz”, disse o gerente de planejamento do Pro Paz, Simão Bastos.
O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Marcos Eiró, prestigiou o evento e destacou a evolução da corrida de rua em Belém. “Este esporte tem crescido cada vez mais no Brasil e em Belém não está sendo diferente. A Seel pretende investir mais na corrida de rua e, já em maio, vamos promover a Milha de Rua, que é tradicional em todo país”, ressaltou.
Para garantir a segurança das mulheres que participaram da corrida, o governo do Estado mobilizou homens do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, e contou, ainda, com o apoio do Exército e viaturas do SAMU. “A organização do evento está de parabéns. Já corri em outras cidades do Brasil e até em outros países e a estrutura oferecida nesta corrida não deixa nada a desejar para tantas outras que já participei”, disse Edna Silva, que conquistou o primeiro lugar da Corrida da Mulher.
A prova atraiu mulheres de todas as idades. Aos 63 anos, a aposentada Maria de Nazaré Leal, conseguiu completar todo o percurso. “Adoro participar desses eventos e sempre quis correr em uma competição verdadeira. Esta corrida me fez sentir útil e saudável, ao ver que consegui competir com mulheres bem mais novas que eu”. Aos 9 anos, a pequena Etiene Ribeiro, também completou os 5,5km de percurso. “Tenho certeza que vou querer ser uma grande corredora quando crescer”, contou.
Premiação – As vencedoras ganharam kits com produtos de beleza, alimentação e higiene, além de troféu e medalha. A coordenadora do Pro Paz, Izabela Jatene, que também participou da prova, entregou os prêmios para as ganhadoras. O primeiro lugar foi para Edna Maria silva, com o tempo de 19 minutos e 16 segundos. O segundo lugar ficou para Ana Carolina Ribeiro e o terceiro para Marizete Pinto. 

Texto:
Bruna Campos - Secom