Flávio Araújo sobre derrota no Re-Pa: 'Nos apegamos muito ao empate'


Flávio Araújo não gostou do segundo tempo
(Foto: Tarso Sarraf / O Liberal)



Flávio Araújo - Remo (Foto: Tarso Sarraf / O Liberal)A péssima atuação no segundo tempo foi a fator fundamental para que o título do Primeiro Turno escapasse do Baenão. Assim pensa o treinador do Remo, Flávio Araújo, que lamentou o desempenho da sua equipe na parte final do clássico contra o Paysandu.
– Nos apegamos muito ao empate. Não era pra ficarmos o segundo tempo daquela maneira (recuado). Não era pra ser assim. Mas isso serve de lição. Todas as minhas orientações são de um time ofensivo, que pressiona a marcação no campo do adversário. Hoje não conseguimos jogar assim no segundo tempo e, por isso, perdemos o título.
Apesar da derrota, Flávio acredita que o time está no caminho certo e que o grupo tem todas as condições de se reabilitar, começando a nova caminhada contra o Santa Cruz de Cuiarana, na próxima quarta-feira, no Mangueirão
– No futebol, como na vida, todos caem. Mas só os fortes conseguem se reerguer. O nosso grupo é forte e temos todas as condições de conseguir o título do Segundo Turno. Hoje vamos para casa abatidos, mas com a certeza de dias melhores e já temos que tentar recuperar na quarta-feira.