Os maus meios corrompem até os melhores fins


Após anos de experimentações na segurança pública, fazendo-se "mais do mesmo", o sistema mesmo empoderado de investimentos milionários não consegue responder aos reclamos da sociedade. A prova disto é o descontrole da criminalidade e o descrédito interna corporis.

       Dizia o inesquecível Cel Carlos Magno Nazareth Cerqueira, "os maus meios corrompem até os melhores fins".

       Repito temos Polícia, mas não temos policiamento. 
As ruas estão entregues à marginalidade e não serão paliativos que resolverão esta questão. A sociedade precisa ser respeitada com a implementação de uma PPSP e não apenas com o discurso de um tal "enfrentamento" que só faz a cada semana aumentar a letalidade da polícia e estimular a violência. É preciso mais do que isto!
 
 Trecho da carta do coronel Júlio César Costa ao seu comandante geral (PM do Espírito Santo) há cerca de dois anos.

Leia a carta na íntegra: http://policiainterativa10bpm.blogspot.com.br/?zx=81a409eeb6b05955