Google lança testamento digital: o que fazer com os dados após morte do internauta

|

O Google lançou nessa quinta-feira (11) uma espécie de "testamento digital" que permite a seus usuários decidir o que acontece com os seus dados quando suas contas não puderem mais ser utilizadas.

O Gerenciador de contas inativas pretende atender as necessidades de privacidade e segurança de internautas que morrerem ou não forem capazes de acessar os serviços da companhia por qualquer outro motivo.

Com a ferramenta, é possível escolher depois de quanto tempo de inatividade as informações de sua conta devem ser apagadas --três, seis, nove ou 12 meses. O Google pode alertá-lo do procedimento com antecedência através de um número de telefone ou e-mail alternativo.
Se preferir, o internauta pode selecionar até dez contatos de confiança que receberão, ao final do período de inatividade, os dados de alguns ou todos os seus produtos do Google, como Blogger, Drive, Gmail, YouTube etc.
"Esperamos que essa nova ferramenta ajude-o a planejar sua vida digital após a morte e facilite a vida daqueles que você ama depois que você se for", escreveu no blog do Google o gerente de produtos da empresa, Andreas Tuerk.  FSP