Soldado da PM utiliza teatro para combate às drogas no Oeste de SC

Marcelo atua, escreve peças e dirige companhia de teatro (Foto: PMSC)Marcelo atua, escreve peças e dirige companhia de teatro (Foto: PMSC)
Além da vida militar, no 2º Batalhão da Polícia Militar/Fronteira, em Chapecó, Oeste de Santa Catarina, o soldado Marcelo Wundervald atua, escreve peças, cria personagens e dirige uma companhia de teatro, a Duavesso Cia de Teatro e Contação de Histórias. Os trabalhos desenvolvidos pelo profissional já foram apresentados em vários festivais.
Peça 'Comadres' já foi apresentada em vários municípios de SC (Foto: PMSC)Peça 'Comadres' já foi apresentada em vários
municípios de SC (Foto: PMSC)
Na peça 'Comadres', de autoria do soldado da PM,  Marcelo atua junto com Sedenir Rommel. O espetáculo, que já foi apresentado em várias cidades catarinenses, inclusive no Rio Grande do Sul e Paraná, conta a história de duas lavadeiras fofoqueiras, Tereza e Maria, que, enquanto trabalham, falam mal da vida alheia e revelam segredos do universo feminino.
Formado em Artes pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó) e prestando serviços à Polícia Militar de Santa Catarina, Marcelo utiliza suas habilidades do teatro nas aulas que ministra sobre prevenção à violência no cotidiano escolar. O projeto é desenvolvido no batalhão da PM há dois anos e tem o objetivo de formar e educar os adolescentes diante dos problemas das drogas. O projeto desenvolvido nas escolas de Chapecó já atendeu 23 escolas e ministrou 107 palestras para 10 mil alunos.
Projeto contra as drogas já foi apresentado para 10 mil alunos (Foto: PMSC)Projeto contra as drogas já foi apresentado para 10 mil alunos (Foto: PMSC)