Bairro recebe proteção da Guarda Municipal

Guardas passaram a ocupar o Jardim dos Amarais, onde fica a Praça da Juventude, para evitar o vandalismo e consumo intenso de drogas na área


O principal alvo do vandalismo é a Praça da Juventude, onde o tráfico de entorpecentes, depredações e pichações eram constantes
Mogi das Cruzes/SP - Tráfico de entorpecentes, depredações, pichações e o elevado consumo de drogas. Esses eram alguns dos fatos que dominavam a Praça da Juventude, localizada no Jardim dos Amarais, em Brás Cubas, impedindo que os moradores frequentassem o local. Para diminuir a incidência desses crimes e garantir a segurança dos moradores do bairro, o espaço passou a contar com a presença constante da Guarda Municipal. E essa medida já tem obtido resultados.

De acordo com o aposentado Jacob de Brito, de 45 anos, a presença dos guardas municipais tem garantido a proteção dos moradores. "Desde a chegada da Guarda Municipal no bairro, o consumo de drogas, por exemplo, diminuiu. Além disso, não há a venda dessas substâncias no local", aponta. 
O pedreiro José Alves da Silva, 57, revela que, quando a presença dos usuários de drogas era constante, considerava complicado levar o seu neto, de 6 anos, ao local. "O meu neto via as pessoas usando drogas e a gente dizia que aquilo não era certo de se fazer. Não dá para fazer com que os outros façam escolhas melhores para si, porém, cabe à família mostrar um caminho diferente às crianças. Hoje, o consumo não acontece mais como era: abertamente", conta. 
A comerciante Julia Rita do Nascimento e Silva, 66, conta que, apesar da incidência de consumo de drogas no Parque da Juventude, as suas quatro netas frequentavam o local. "Elas passeavam por lá, porém, quando sentiam que o clima não estava muito bom, iam embora. Eu mesma já lidei, por inúmeras vezes, com os usuários, já que eles comprovavam doces da minha bomboniere. No entanto, com a Guarda Municipal aqui no bairro, acredito que tudo começou a ficar mais tranquilo. Os moradores se sentem mais seguros e protegidos", finaliza.
Fonte:Moginews