Reunião discute ordenamento da praia do Atalaia

Reunião discute ordenamento da praia do Atalaia (Foto: Ney Marcondes/ Diário do Pará)

(Foto: Ney Marcondes/ Diário do Pará)
 
A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) realizou na manhã desta sexta-feira (06) uma reunião sobre ajustes e detalhamentos do projeto de ordenamento da praia do Atalaia, no município de Salinópolis, região nordeste paraense.
 
A reunião contou com representantes da Segup, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar e da Secretaria de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) e do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) e buscava discutir ações para prevenir acidentes na praia, como o de Paula Gemaque, que teve a perna amputada após colisão entre um veículo Pajero e um quadriciclo em abril.
 
Segundo Marisa Ribeiro, o projeto inicial de ordenamento da praia está sendo discutido desde 2010 e apresenta um conjunto de proposições que visam o ordenamento e a organização de toda a área da praia do Atalaia, como a sinalização de vias, divisão de espaços para barracas, trânsito e estacionamento de veículos, área para banhistas e bandeirolas, indicações de vias a partir do trevo que dá acesso às praias do Atalaia e Farol Velho, definição de áreas para a utilização de triciclos, kitesurf e ultraleve, entre outras. 
 
“É preciso haver consciência, compromisso e senso de justiça por parte de todos. O objetivo maior é evitar os frequentes acidentes na praia, em virtude do trânsito de veículos, como quadriciclos, e, principalmente, garantir a segurança e a tranquilidade dos frequentadores e comerciantes do local”, destacou a assessora da SPU.
 
Ribeiro informou ainda que as medidas começarão a ser executadas a partir do dia 28 de junho, com ações integradas, que vão envolver diversas instituições. O projeto experimental vai se estender até o dia 4 de agosto. As mudanças serão divulgadas por meio de fôlderes, que serão distribuídos à população, e de placas de orientação, que serão instaladas na praia.
 
Na próxima sexta-feira (13) haverá uma nova reunião, em Salinópolis, para discutir a infraestrutura e a logística necessárias para a implementação do projeto. O encontro terá a participação de representantes do Sistema de Segurança Pública e Defesa Social, SPU, Prefeitura Municipal, autoridades locais, vendedores, proprietários de barracas e comerciantes que atuam na praia do Atalaia.

(DOL com informações da Agência Pará)